Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

Ilha da Armona

Descobri um blog simples e despretencioso de um dos locais com o pôr do sol mais incrivel de Portugal.

 

A ilha da Armona

 

O autor parece ser jovem, mas sabe dizer umas coisas e vive com intensidade os momentos que lá passa.

Um destes dias postarei umas fotos desse sitío...

 


publicado por Zé Picheleiro às 22:10
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

A Gaivota

Simplesmente esmagador.


publicado por Zé Picheleiro às 12:12
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

Pela calada eles lá vão subindo os preços.

 

Hoje o gasóleo custava mais 1 cêntimo € 0,99

Ontem estava a € 0,98

Na terça € 0.97

 

Quando foi para baixar levaram 6 meses porque era a conjuntura, para subir é a refinação.

Só me apetece dizer:

"... ainda consigo ver
Quem anda na roubalheira
E quem me anda a foder"

 

Só me apetece dizer asneiras...

 

Filhos da P****

 

 

 


publicado por Zé Picheleiro às 09:02
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

Sem eira nem beira XUTOS

Xutos em grande e sem espinhas:

 

Anda tudo do avesso
Nesta rua que atravesso
Dão milhões a quem os tem
Aos outros um "passou bem"

Não consigo perceber
Quem é que nos quer tramar
Enganar, despedir
Ainda se ficam a rir

Eu quero acreditar
Que esta merda vai mudar
E espero vir a ter uma vida bem melhor
Mas se eu nada fizer
Isto nunca vai mudar
Conseguir encontrar mais força para lutar

Mais força para lutar
Mais força para lutar
Mais força para lutar

Senhor engenheiro
Dê-me um pouco de atenção
Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Não tenho eira nem beira
Mas ainda consigo ver
Quem anda na roubalheira
E quem me anda a comer

É difícil ser honesto
É difícil de engolir
Quem não tem nada vai preso
Quem tem muito fica a rir

Ainda espero ver alguém
Assumir que já andou
A roubar, enganar
O povo que acreditou

Conseguir encontrar mais força para lutar
Conseguir encontrar mais força para lutar
Mais força para lutar
Mais força para lutar

Senhor engenheiro
Dê-me um pouco de atenção
Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Não tenho eira nem beira
Mas ainda consigo ver
Quem anda na roubalheira
E quem me anda a foder

Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Mas eu sou um homem honesto
Só errei na profissão

Senhor engenheiro
Dê-me um pouco de atenção
Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Não tenho eira nem beira
Mas ainda consigo ver
Quem anda na roubalheira
E quem me anda a foder

Senhor engenheiro
Dê-me um pouco de atenção
Dê-me um pouco de atenção

 


publicado por Zé Picheleiro às 10:59
link do post | comentar | favorito

Marquês de Pombal

O marquês hoje estava assim ás oito da manhã:

 

Nunca mais volta o sol como deve ser, nem o tempo ajuda a levantar o moral...


publicado por Zé Picheleiro às 09:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

Lisboa dia das mentiras

Ontem andei por lisboa, já não o fazia há muito tempo.

Acho que está bonita, parece-me que nalguns casos se anda a tratar melhor os nossos edificios .

 

 

Se calhar era só o dia que estava estupendo logo pela manhã

 


publicado por Zé Picheleiro às 18:52
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Março de 2009

12:1 Sporting



Muda aos 5 e acaba aos 12...

è nestes dias que tenho vergonha de ser do:

Sporting

 


publicado por Zé Picheleiro às 09:04
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Violência doméstica

É impressão minha ou esta miúda gosta de levar porrada?

Ela que toda compostinha já se farta de gemer quando canta, nem quero imaginar como será com a boca toda partida.
Não entendo estas mulheres que sofrem violência física ou psicológica dos maridos ou namoradas, que vão para os jornais e revistas serem fotografadas na mais pura miséria humana, que têm posses para os mandarem à fava e depois o que fazem? Nada. Perdoam-nos e voltam para eles, porquê? Só pode ser porque gostaram da experiência. Deve ser isso. Não vejo outra explicação.

Entendo, a medo mas entendo, as que não fogem, porque de uma maneira ou de outra estão dependentes desses trastes armados em homens.

É por essas que sofrem em silêncio, que estas me dão raiva e me metem nojo.


publicado por Zé Picheleiro às 09:17
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

EDP

 

"Por cá, a impulsionar está a EDP que escala 4,25% para os 2,45 euros, depois de ontem ter apresentado o seu melhor resultado de sempre. Os lucros da energética subiram 20% no total de 2008, para 1.092 milhões de euros."

"in Público"

 

Se isto não é gozar com quem chega teso ao meio do mês, é o quê?


publicado por Zé Picheleiro às 15:03
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Estranha calma

Reina uma estranha calma cá no burgo.

 

È calma e é estranha, não sei se por causa do sol que voltou em força e já toda a gente andava farta de chuva ou, se porque essa mesma gente já não quer saber da crise, dos políticos, das politicas, da justiça e das injustiças, das desgraças, dos casos e de todas essas merdas que têm ocupado o dia-a-dia dos telejornais nacionais.

 

Uma semana de sol e é ver as marisqueiras à beira-mar completamente à pinha, uns graus acima do gelo e é ver esta malta a sair á rua, como se estivesse na Islândia há seis meses sem ver o dia. Ao contrário de nós, os islandeses, esses sim têm razões para estarem preocupados o país deles vai de mal a pior, estão na bancarrota sem esperança, sem futuro. Apenas lhes resta tentar entrar para a União Europeia e esperar que países com boa saúde financeira, como o nosso, os possam ajudar a sair da crise e a voltarem a ter de novo o nível de vida a que estavam habituados, pobres coitados.

 

Hoje de manhã, sem trânsito, viagens de horas fizeram-se em minutos, num semáforo o gajo do carro do lado cantarolava a mesma música que passava no meu rádio, na passadeira dois peões agradeceram tê-los deixado passar, eu agradeci eles não se terem atirado para a frente do carro e, agradeci o facto de eles terem agradecido.

 

É carnaval, há tolerância de ponto, pelo menos durante mais uns dias esquece-se a rotina, durante mais uns dias respira-se essa paz podre que se sente no ar.

 

Durante mais uns dias brinca-se e faz-se de conta que está tudo bem.

Se calhar está, nós é que temos o péssimo hábito de ser pessimistas.


publicado por Zé Picheleiro às 14:39
link do post | comentar | favorito

.moimeme


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Que merda de povo somos n...

. Tony Carreira

. O avião

. Olhares de hoje

. Em vez do Diabo

. A Professora de Mirandela

. Socrates e as sete pragas...

. A CREL

. O Senhor Rui Santos

. Alegadamente sucata

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds