Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

Que merda de povo somos nós?

O ar sufoca, queremos respirar e não conseguimos abrir o peito e deixar entrar o ar, há um peso, uma pressão que nos envolve, que nos asfixia, que nos suga as forças para resistir.

Serei só eu ou não é deste calor que por cá anda?

Serei só eu ou este pais está a sufocar cada vez mais as pessoas?

Serei só eu ou isto está a precisar de levar um abanão, e não, não me refiro a um sismo, um abanão desses mesmo que de vez em quando os povos se lembram de fazer quando os seus países os sufocam.

Um abanão feito por um povo que tem a mania que é sereno, quando o que é na realidade é MANSO, sim somos mansos. Parecemos aqueles animais que são espicaçados, mal tratados, abusados e não reagem aceitando o destino. Vamos a caminho do matadouro e deixamo-nos ir, bastava apenas que fizéssemos todos força para o mesmo lado e dávamos cabo das grilhetas que nos prendem… mas conformamo-nos… é a sina, é o fado.

Que merda de povo somos nós, que não reagimos?

Que merda de povo somos nós, que deixamos arder o que é nosso, que sabemos quem queima e porque queima e mesmo assim deixamo-los em liberdade, impunes.

Que merda de povo somos nós, que sabemos quem nos rouba, que os apanhamos em flagrante e os deixamos ir em liberdade, impunes.

Que merda de povo somos nós que ao invés de enaltecer o Polícia, o enxovalha porque abusou da força quando prendia o gatuno que nos roubava.

Que merda de povo somos nós, que temos manchetes de jornais onde a pseudo greve de fome de um gatuno qualquer, que está preso porque nos roubou e acha que tem o direito a ter uma Playstation de última geração, é o tema de capa.

Que merda de povo somos nós que trabalhamos e pagamos impostos com sacrifico, para depois uma merda de um estado alimentar uma cambada de chulos a viverem à conta dos rendimentos mínimos e de inserção, sem fazerem absolutamente nada, a não ser ainda por cima gozarem connosco porque acham que inserção é um atentado à sua liberdade.

 

Somos um povo manso, deixamo-nos abusar, roubar, maltratar, violar e enganar mas estamos serenos, somos pacíficos, estamos em ebulição e não resistimos, tudo se há-de resolver… é a Sina, á o fado, o filha da puta do Fado.


publicado por Zé Picheleiro às 11:53
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

Pela calada eles lá vão subindo os preços.

 

Hoje o gasóleo custava mais 1 cêntimo € 0,99

Ontem estava a € 0,98

Na terça € 0.97

 

Quando foi para baixar levaram 6 meses porque era a conjuntura, para subir é a refinação.

Só me apetece dizer:

"... ainda consigo ver
Quem anda na roubalheira
E quem me anda a foder"

 

Só me apetece dizer asneiras...

 

Filhos da P****

 

 

 


publicado por Zé Picheleiro às 09:02
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

Mais um

In "SOL":

 

"Sintra - Dois homens armados assaltaram banco Caixa Geral de Depósitos de Rio de Mouro

 Há 38 minutos   Dois jovens encapuzados assaltaram hoje à mão armada a dependência da Caixa Geral de Depósitos de Rio de Mouro, no Cacém, Sintra, desconhecendo-se o montante roubado, disse à Agência Lusa fonte da PSP"

 

Hoje ainda não tinha havido nada...

 

Isto vai bem...


publicado por Zé Picheleiro às 16:48
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008

Filmes em Portugal

24 horas

Há três semanas ali para os lados de Loures, parecia um WESTERN, meia dúzia de energúmenos todos aos tiros no meio da rua.

Há duas semanas assalto com rapto a um banco, morreu um dos assaltantes e o outro vai andar uns tempos a comer por uma palhinha e com dores de cabeça, parecia um filme de COMÉDIA, porque ninguém disse aos gajos que não podiam mostrar a tola.

A semana passada um DRAMA, numa tentativa de assalto “a uns bocaditos de ferro”, numa obra resultou na morte de uma criança que acompanhava o progenitor na sua actividade.

No fim-de-semana passado, numa rixa entre gangs, entraram pela casa de um deles adentro e limparam-lhe o sebo, deixando o resto da família em choque, deve ter parecido um THRILLER.

Ontem, assalto a uma carrinha de valores, com recurso a explosivos. Tendo em conta que os rapazes deixaram os desgraçados dos Seguranças sair e fugir, antes de rebentarem com aquilo tudo, até devem ser uns gajos porreiros, mais um filme de ACÇÃO & AVENTURA.

Hoje assalto a mais uma área de serviço, mais um POLÍCIAS & LADRÕES.

 

Alguns pensamentos atormentam-me o Espírito:

1- É impressão minha ou andamos a ver muitos filmes de Série B em Portugal?

2- É impressão minha ou arriscamo-nos a entar num destes filmes a qualquer momento?

4- É impressão minha ou vive-se algum sentimento de insegurança no pais?

3- É impressão minha ou alguém tarda em fazer alguma coisa?

5- É impressão minha ou os únicos que não estão de férias são os bandidos.

 


publicado por Zé Picheleiro às 09:55
link do post | comentar | favorito
|

.moimeme


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.Nº de Roscas

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Que merda de povo somos n...

. Pela calada eles lá vão s...

. Mais um

. Filmes em Portugal

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds