Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011

Estará tudo doido?

Um troglodita preso, habitual cliente das celas de isolamento, não limpava a cela à alguns dias e que pelas imagens estava imunda. Não contente com isso provocava desacatos e ofendia os guardas as suas mães, as suas mulheres e o resto da comunidade.

Os guardas para acabar com esse comportamento entraram à força na dita cela e usaram o taser, tendo dado uma descargazita eléctrica no Bicho.

Conclusão, a Assembleia da Républica condena, a Sociedade Civil condena no fim o Bicho teve direito aos seus 15 minutos de fama e ainda deve andar a vangloriar-se lá dentro durante o recreio e os Guardas esses estão fodidos porque aposto que vão ser castigados pelo comportamento indigno para com um recluso.

 

Uma cidadã entra num multibanco antes de ir para casa ao fim de um dia de trabalho, outro Troglodita entra atrás dela fá-la refem e dá-lhe onze (11) facadas antes que a policia o consiga dominar. É preso sem um unico arranhão e ainda leva um sorriso nas beiças digno de um episódio do CSI.

A desgraçada que ia descansada da vida está agora no hospital, esteve horas na sala de operações a tratar as feridas feitas pelo Bicho que lhe perfurara um pulmão.

Pergunto onde raio estavam os atiradores, os Snipers? onde? porque  raio estive a policia horas a ver aquela mulher a ser esfaqueada e não fez nada? porquê?

A resposta è simples, porque se lhe tem dado um tiro no focinho, depois a Assembeia da Républica condenava, a Sociedade Civil condenava e o Bicho não tinha direito aos seus 15 minutos de fama.

Conclusão é claro que a Policia ia ser castigada, mas pelo menos a desgraçada se calhar não estava no hospital  e o filho da puta (peço desde já desculpa à mãe) não se tinha ficado a rir.

 

Se calhar sou só eu, mas PORTUGAL está PODRE.

 

Está na altura de se começar a pensar em fazer alguma coisa deste País, eu não quero os meus filhos a viverem aqui deste modo e, também não me quero ir embora.


publicado por Zé Picheleiro às 07:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Fevereiro de 2011

Praia da Tocha - Os palheiros ontem e hoje

 

 

Open publication - Free publishing

publicado por Zé Picheleiro às 11:34
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

Que merda de povo somos nós?

O ar sufoca, queremos respirar e não conseguimos abrir o peito e deixar entrar o ar, há um peso, uma pressão que nos envolve, que nos asfixia, que nos suga as forças para resistir.

Serei só eu ou não é deste calor que por cá anda?

Serei só eu ou este pais está a sufocar cada vez mais as pessoas?

Serei só eu ou isto está a precisar de levar um abanão, e não, não me refiro a um sismo, um abanão desses mesmo que de vez em quando os povos se lembram de fazer quando os seus países os sufocam.

Um abanão feito por um povo que tem a mania que é sereno, quando o que é na realidade é MANSO, sim somos mansos. Parecemos aqueles animais que são espicaçados, mal tratados, abusados e não reagem aceitando o destino. Vamos a caminho do matadouro e deixamo-nos ir, bastava apenas que fizéssemos todos força para o mesmo lado e dávamos cabo das grilhetas que nos prendem… mas conformamo-nos… é a sina, é o fado.

Que merda de povo somos nós, que não reagimos?

Que merda de povo somos nós, que deixamos arder o que é nosso, que sabemos quem queima e porque queima e mesmo assim deixamo-los em liberdade, impunes.

Que merda de povo somos nós, que sabemos quem nos rouba, que os apanhamos em flagrante e os deixamos ir em liberdade, impunes.

Que merda de povo somos nós que ao invés de enaltecer o Polícia, o enxovalha porque abusou da força quando prendia o gatuno que nos roubava.

Que merda de povo somos nós, que temos manchetes de jornais onde a pseudo greve de fome de um gatuno qualquer, que está preso porque nos roubou e acha que tem o direito a ter uma Playstation de última geração, é o tema de capa.

Que merda de povo somos nós que trabalhamos e pagamos impostos com sacrifico, para depois uma merda de um estado alimentar uma cambada de chulos a viverem à conta dos rendimentos mínimos e de inserção, sem fazerem absolutamente nada, a não ser ainda por cima gozarem connosco porque acham que inserção é um atentado à sua liberdade.

 

Somos um povo manso, deixamo-nos abusar, roubar, maltratar, violar e enganar mas estamos serenos, somos pacíficos, estamos em ebulição e não resistimos, tudo se há-de resolver… é a Sina, á o fado, o filha da puta do Fado.


publicado por Zé Picheleiro às 11:53
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Agosto de 2010

Tony Carreira

SIC Jornal da Noite, Reportagem do concerto do Tony Carreira, esse Monstro da musica Lig… Pimba nacional na Expofacic em Cantanhede, vai uma senhora e diz:

“…tenho andado com uma grande depressão, mas ao ouvir o Meu Tony, fico logo melhor”…

…Ó Santinha será que ainda não percebeste que a depressão é disso mesmo ?!?!?!?!

Raios ma’partam raça da mulher

 

Com canções com titulos com pérolas como:

Adeus Amigo. Ai Destino Ai Destino, Coração Perdido, Duas Lágrimas, Pode Ser Tarde Demais, Que Vai Ser De Mim, (quando Te Fores Embora), Quem Esqueceu Não Chora, Nas Horas de Dor, Ai Que Saudades, Adeus Até Um Dia, Com A Verdade Me Enganas.

 

Até a mim me apetece pegar numa faca e cortar o peito todo, quanto mais estar com depressão e ainda ouvir o Gajo...

 

Isto já para não falar olhar para a figura... será que o capachinho não faz calor nos concertos? e como é que ele faz para aquilo não descolar?

raios'parta


publicado por Zé Picheleiro às 12:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Maio de 2010

O barquito do Sorraia

Não lhe perguntei o nome, nem sequer me deve ter visto.

Eu espairecia do almoço pelas margens perdidas do Sorraia, ele lutava com as forças que tinha para transpor o obstáculo,  uma árvore tombada quem sabe se pelas últimas tempestades, que tantas coisas fizeram cair este inverno.

No silêncio da leziria, um homem luta contra a natureza impiedosa indiferente ao esforço e outro observa. Nos minutos que ali estive passou-me pela cabeça Ferreira de Castro e a Selva, não sei porquê lembrei-me do Alberto e da sua passagem pela Amazónia, da triste vida dos seringueiros, os escravos do seculo XX e das coisas simples que os faziam felizes no meio da miséria em que viviam.

Este homem o Homem do Leme, no meio da leziria e dos seus campos de cultivo indústrial, tira do rio o magro sustento e dentro do barquito levava um balde de caranguejo e meia dúzia de achigãs, se é que eram meia dúzia.

Depois de muito esforço e de se ter desiquilibrado duas vezes lá conseguio a pulso passar a árvore tombada para depois com já com a força do motor se afastar serenamente tal como acontecia ao domingo depois do Baile lá na amazónia, feliz e contente... acho eu.


publicado por Zé Picheleiro às 15:48
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Maio de 2010

O avião

 

Como vi hoje escrito em algum lado:

Portugal é como um avião sem piloto, daqueles que faz publicidade na praia e a faixa diz:

"Sempre em festa"

 

(Este estava a trabalhar hoje é uma reliquia e fazia logo pela manhã o tratamento das plantações na Leziria)


publicado por Zé Picheleiro às 17:36
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Maio de 2010

Olhares de hoje

DSC_7054.JPG


publicado por Zé Picheleiro às 16:18
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Maio de 2010

Em vez do Diabo

Hoje li num comentário a uma notícia:

 

" Estamos a comer o pão que o Sócrates amassou..."

 

Será que pelo menos lavou as mãos? era o mínimo exigido... já que não pede Desculpa...


publicado por Zé Picheleiro às 09:54
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Maio de 2010

Olhando a Lezíria

 

Olhares de Hoje...


publicado por Zé Picheleiro às 14:40
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Maio de 2010

A Professora de Mirandela

Estará tudo doido?!?!?

Vão meter a senhora a trabalher no arquivo?!?!?

Eu até entendo que a diretora do agrupamento de escolas lá de Mirandela tenha um bocadinho de dor de cotovelo, coitadinha da senhora, admiro a coragem que teve de aparecer na televisão. Entendo que o   Presidente da Camara concorde com essa decisão, visto que é um político e como tal não pode dizer e até admitir que se calhar foi um dos primeiro a comprar, ou mandar comprar a playboy... só não entendo os Pais (homens) será que estão de acordo? estarão doidos? nem quero imaginar o que será todos os dias de manhã, ainda meio a dormir terem de fazer o sacrificio de deixar os putos na escola, e pior ainda, irem ás reuniões de Pais, que chatice...

 

Mandem-na para a escola dos meus filhos já... eu não me importo... e pelos comentários doutros Pais lá da escola, eles também não...

 

A Censura neste país tem de acabar... já uma pessoa não pode tirar umas fotos em tempo quente , querem lá ver!


publicado por Zé Picheleiro às 09:52
link do post | comentar | favorito
|

.moimeme


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.Nº de Roscas

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Estará tudo doido?

. Praia da Tocha - Os palhe...

. Que merda de povo somos n...

. Tony Carreira

. O barquito do Sorraia

. O avião

. Olhares de hoje

. Em vez do Diabo

. Olhando a Lezíria

. A Professora de Mirandela

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds